Software de notação musical, qual escolher?

Para que serve um software  de notação musical também conhecido como editor de partituras ???????

Respondendo a esta questão posso dizer que nada mais é do que um programa  para você colocar as notas na partitura (na tela do computador) ou seja, ao invés de você escreverEditor de partituras manualmente aquela partitura em seu velho caderno empoeirado, como era no passado, você escreve super bonitinho no computador e sai aquela impressão maravilhosa, que parece coisa do Almir Chediak. E mais… além de escrever para imprimir, você pode ouvir o que está escrevendo, fazer arranjos, ou seja, para quem não toca um instrumento midi e domina a teoria da música é uma ferramenta sem igual.

Quando me inicie, em 1994, existiam basicamente 2 softwares deste tipo, o Encore e o Finale, o Encore era fácil de se utilizar, intuitivo e super eficaz no que se propunha, mas tinha algumas limitações, principalmente, se tratando de partituras mais rebuscadas, para orquestra, etc…

O Finale era muito mais bem visto no Mercado entre os músicos, mas era muito esquisito e quase impossível de se utilizar sem um manual (Naquela época ninguém tinha Internet, onde podia se fuçar, descobrir tutoriais, etc…)

Nunca me dei bem com o Finale, odiava ele, tinha mais ódio dele do que de meu vizinho mal humorado que mandava eu tocar mais baixo. Eu era o tipo de cara que descobria tudo fuçando, nunca fiquei sem utilizar nada por não saber, ia atrás, descobria e utilizava. O único momento da vida que me dei por vencido, foi quando  descobri o Finale, sim, ele me venceu, perdi toda a minha glória naquela luta sanguinária e injusta.

Então um dia, dei as costas para o Finale, simplesmente o ignorei e me especializei no Encore e sinceramente, fiquei feliz com isso, porque o Encore diferente do Finale, eu consegui dominar… sim, dominei e o domei como um égua no cio ensandecida, beirando a loucura…Foi a vitória, com ele consegui fazer um monte de  arranjo super bacana e o utilizei por anos, inclusive até hoje de vez em quando eu o utilizo, para relembrar os velhos tempos.

O grande problema do Encore é que ele não foi evoluindo com o tempo, comecei na versão 2 deste programa e só depois de vários anos foi lançada a 3 e mais vários para sair a 4, a 4,5 e aí parou…

Ele era fabricado pela Passport, então a Gvox o comprou e demorou muitos anos para eles desenvolverem a versão 5. Para se ter idéia, a versão 4.5  nem funcionava direito no XP, ela foi projetada para window 98 e dependendo da versão do XP instalada, essa maldita 4.5 não funcionava não, enfim, apesar de funcional, o Encore era um software que para mim, estava fadado ao atraso.

No meio de toda esta balburdia, existia outro software que estava sempre a um passo atrás destes dois, mas curiosamente, foi evoluindo com o tempo e hoje é o software que considero o maior notador do momento, se trata de um singelo programa chamado Sibelius, sim, Sibelius, em homenagem ao velho compositor erudito Finlândes, talvez o mais importante e representativo que a Finlândia já teve.

Para quem está querendo começar a utilizar um programa notador que seja fácil, tenha todos os recursos de escrita, possibilidade de ser utilizado com synths virtuais, samplers e até sincronismo com video, não tem outro, tente o Sibelius, que ele é o cara.

OBS: Tudo o que foi dito acima é baseado em minha experiência e opinião pessoal, existem muitos outros pontos de vista e opiniões distintas que devemos respeitar.

Confira também:

Equipamentos

Software

Voltar para o início do Produzindo Música

Veja também:

10 thoughts on “Software de notação musical, qual escolher?”

  1. Estava eu procurando professor que pudesse me ensinar a usar o encore e achei o seu comentário sobre o sibelius. Não conheço este, o que tenho no meu computador é o encore4.5. Acontece que não sei usar de jeito nenhum. Moro em Ribeirão Preto e estou a procura de professor para me ensinar a mexer no tal editor. Como faço para adquirir este software?como faço para aprender mexer nele?
    muito obrigada
    joelice

    1. Olá Joelice, em breve deveremos lançar algumas video aulas novas, tanto de Encore, quanto Sibelius, fique de olho nas novidades do Produzindo Música que em breve estará disponível. Abraço.

  2. Lendo seu comentário, acredito que um dos entraves do Finalle me parece que você tem que estruturar todo o projeto antes de começar a escrever as partes, eu o uso somente para algumas músicas contemporâneas, ou escrita antiga, mas não domino muito. Também uso o Sibelius, para mim ele é muito cômodo e intuitivo, o melhor que já manuseei até o momento.

    1. Olá Claudemir, infelizmente não comercializo programas, mas você pode baixar uma versão de teste no site do baixaki para você experimentar e conhecer o Sibelius. Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Histats.com © 2005